Art

PLAYLIST

projects

Image
Ao Monte

O Ao Monte procurou registar, entre 2015 e 2017, o trabalho desenvolvido por alguns colectivos e grupos informais de artistas que, nos vinte anos que o antecedem, marcaram a cidade do Porto.
Apesar de ser uma pequena amostra da dinâmica cultural da cidade, o Ao Monte contou com a participação de sete colectivos que dinamizaram ou continuam a dinamizar o Porto. São eles: Rua do Sol 172, Fundação, A Sala, Senhorio, Inter+disciplinar+idades, Embankment e Artemosferas.


O Ao Monte surgiu da vontade de registar e documentar de forma não passiva a existência e prática destes grupos e assentou, através da edição física, na criação de novas obras pelos próprios.
Através do convite a idealizarem e produzirem um livro de artista em regime de residência, o projecto Ao Monte deu o mote para o reencontro ou para a continuação do trabalho que estes grupos e colectivos foram desenvolvendo. Os livros de artista produzidos são documentos que assinalam e inscrevem o trabalho artístico dos grupos acima mencionados, reflectindo sobre a história dos mesmos enquanto actuam sobre o seu presente.


Para além de um registo de parte da dinâmica cultural na cidade do Porto, o Ao Monte pretendeu, de alguma forma, fazer também uma reflexão sobre a prática artística em colectivo, que contraria a ideia do eu e de autenticidade individual. Sendo o colectivo, ele mesmo uma forma de unidade, é hoje em dia um meio por si só do fazer artístico. Quer seja pela componente sociológica, por empatia
ou pontos de convergência, pela partilha de um espaço de atelier, de uma mesma sala da faculdade ou casa, ou por preocupações comuns com a contemporaneidade, o trabalhar em conjunto foi e continua a ser um modelo para a mudança, para o fazer artístico e uma forma de intervir artisticamente na sociedade.


Mais do que um projecto de edição de livros de artista, o Ao Monte pretendeu ser um gerador de conteúdos novos e críticos com a ambição de mapear a situação artística da cidade e ampliá-la.


Ao Monte é um projecto de Carmo Azeredo, Felícia Teixeira e João Brojo, que resulta da colaboração entre a Saco Azul, o Maus Hábitos e a Cooperativa Árvore, e contou com o apoio da Câmara Municipal do Porto, do Ministério da Cultura e da Direção Geral das Artes.

Image

Maus Hábitos

Rua Passos Manuel 178, 4º

4000-382 Porto

T: 937 202 918 (Restaurant)

T: 222 087 268 (Office)

F: 222 000 134

geral@maushabitos.com

Tue 12h — 00h

Wed & Thu 12h — 02h

Fri & Sat 12h — 04h

Sun 12h — 17h

CLOSED ON MONDAYS

ImageImageImageImage

Maus Hábitos © 2016

powered by

Image